Carteira Nacional de Habilitação muda visual para inibir falsificação

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) que for emitida a partir de 2 de janeiro de 2017 terá seu visual atualizado, contendo novas cores e itens de segurança. As mudanças são válidas em todo o país e foram determinadas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) em uma resolução divulgada em maio deste ano. Uma das principais alterações para as novas CNHs será a troca da tinta azul esverdeada para a cor preta, na tarja localizada no topo do documento, acima da foto de identificação. A tarja à direta possuirá o mapa do estado responsável pela emissão da CNH e o documento ainda terá o número do Registro Nacional e Número do Espelho da CNH e o número do formulário Renach (Registro Nacional de Condutores Habilitados).

Para dificultar a falsificação, sob o brasão da República, a imagem do mapa do Brasil será impressa com tinta especial de segurança e mais brasões espalhados pelo documento, que só poderão ser vistos com luz negra, além de itens de controle de segurança em relevo e micro impressos como a holografia da sigla CNH repetida diversas vezes e novos fios de micro letras. A nova CNH também possuirá um código numérico de validação composto por dados individuais de cada documento, que permitirá aos agentes de trânsito validá-lo por um aplicativo disponibilizado pelo Denatran.


Fonte: Portal G1

22 de dezembro de 2016